Clique e ouça esse Louvor para abençoar sua vida!

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Quem é nosso canal de comunicação com Deus?

Hoje vou citar a carta de Paulo aos Efésios 4:11-12: "E ele mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores, querendo o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo;"
Algumas religiões interpretam da seguinte maneira: "É necessário mais do que meramente ler a Bíblia em particular, como pode-se ver nesta passagem em Efésios."
Inclusive as TJs em sua revista A Sentinela, 01/09/1991, pág. 19 faz a seguinte pergunta após citar esse texto: Como podemos saber quem são os que Deus e Jesus Cristo estão usando para ajudar pessoas que desejam ser cristãos a alcançarem a condição de homem plenamente desenvolvido?


Esse comentário contradiz o texto bíblico, pois A Sentinela declara que Jeová e Jesus deram à igreja homens para ajudar quem desejasse ser cristão, quando o texto diz que foram dados 'com o fim de preparar os santos para a obra do ministério'. Se são chamados 'santos' é porque já são cristãos.
Para fazer alguém um cristão, o Espírito Santo faz com que o indivíduo perceba sua condição pecaminosa, levando-o ao arrependimento de seus pecados e ao reconhecimento de que sem Jesus Cristo não há meio de obter a salvação. Ao ingressar então na igreja, ele, como cristão ou "santo", isto é, separado por e para Deus, receberia ajuda dos apóstolos, profetas, evangelistas, pastores e mestres para desempenhar sua "obra do ministério". Isso aconteceu comigo.
Assim, essas funções foram estabelecidas por Deus com o objetivo de nos levar ao crescimento espiritual, ao amadurecimento cristão, nunca para nos conduzir à vida, assim como afirmam ensinamentos de algumas seitas, que diz que temos que ter um canal de comunicação usado por Deus para avançarmos na estrada da vida. Se Deus já nos dá esse direito de "em nome de Jesus nos chegarmos à Ele".
Quão diferentes são as palavras do apóstolo Paulo:"Não que tenhamos domínio sobre a vossa fé, mas porque somos cooperadores de vosso gozo; porque pela fé estais em pé".

Esse texto tem dois elementos importantes:
1) Os "santos" permaneciam firmes por causa da fé que receberiam do Espírito Santo, não pela obediência cega a preceitos de homens.
2) Havendo na comunidade cristã pessoas capacitadas para instruir, ainda assim a atuação delas seria limitada. Deveriam ser cooperadoras, jamais donas ou manipuladoras da fé alheia. O objetivo delas é levar os "santos" a desempenhar melhor seu ministério cristão. E a principal tarefa de cada cristão é, sem dúvida alguma, a pregação das boas novas: Cristo Jesus, Senhor de nossa vida.

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Somente Cristo é a cabeça

O livro de Atos 15:22-23a, 28-29 diz: "Então pareceu bem aos apóstolos e aos anciãos, com toda a igreja, eleger homens dentre eles e enviá-los com Paulo e Barnabé a Antioquia, a saber: Judas, chamado Barsabás, e Silas, homens distintos entre os irmãos. E por intermédio deles escreveram o seguinte (...)'Na verdade pareceu bem ao Espírito Santo e a nós, não vos impor mais encargo algum, senão estas coisas necessárias: Que vos abstenhais das coisas sacrificadas aos ídolos, e do sangue, e da carne sufocada, e da prostituição, das quais coisas bem fazeis se vos guardardes. Bem vos vá."
Segundo esse texto, levantam ensinamentos de que assim como a igreja primitiva em Jerusalém tinha esse corpo diretivo, hoje em dia a religião verdadeira deve ter.

Esse texto não revela isso.
Quando o cristianismo foi fundado, era composto primeiramente por judeus. Depois pessoas de outras raças começaram a entrar. Eram os gentios (os que não eram judeus). Isso gerou tremendo choque de culturas e costumes. Assim, segundo o início de Atos 15, alguns judeus saíram de Jerusalém e foram até a cidade de Antioquia, onde estavam Paulo e Barnabé, e começaram a ensinar que, se os novos convertidos fossem circuncidados segundo o costume de Moisés, não seriam salvos. A briga estava formada.
A questão é: Por que Paulo e Barnabé não resolveram o problema sozinhos? Por que tiveram de ir até Jerusalém buscar auxílio dos apóstolos?
Eis a resposta: Paulo e Barnabé, segundo Atos 13:1, pertenciam à igreja de Antioquia. Os judeus que foram até lá ensinar a necessidade de guardar a lei de Moisés saíram da igreja de Jerusalém (vers. 24). Assim, nada mais justo que o problema fosse resolvido em Jerusalém, de onde os debatedores haviam saído. Se tinham os apóstolos daquela igreja como autoridade constituída por Deus, certamente acatariam sua decisão. Isso nada tem a ver com o fato de existir um "corpo diretivo" em Jerusalém que controlasse todas as demais igrejas no mundo inteiro. Esse poder centralizador não fazia parte da igreja primitiva.
Outro fato que deve ser observado é o seguinte: a decisão não foi tomada apenas pelos apóstolos e presbíteros de Jerusalém. A multidão dos irmãos também estava presente e participou do debate. A decisão não foi tomada arbitrariamente pela liderança e repassada aos liderados. Esse não é o primeiro relato em que toda a igreja participa de uma decisão importante para o grupo dos cristãos. Por exemplo, na escolha dos diáconos registrada em Atos 6: 1-6, vemos os apóstolos pedindo a multidão que escolhessem os que cuidariam da distribuição de alimentos na igreja. Uma vez escolhidos, a multidão dos discípulos levou-os até os apóstolos, que oraram e impuseram as mãos sobre eles, confirmando aquela escolha.
Não podemos nos esquecer, porém, do fato de existirem pessoas a quem Deus delegou a tarefa de cuidar da igreja (Atos 20:28; Hb 13:17; 1Pe 5:2). Se cada pessoa, isoladamente, tivesse poder de decisão, a anarquia dominaria a igreja.

continua...

Interpretação da Bíblia: Espírito Santo ou homem?

Hoje citarei o livro de Atos: 8:27-35 que diz: "Ele se levantou e partiu. No caminho encontrou um eunuco etíope, um oficial importante, encarregado de todos os tesouros de Candace, rainha dos etíopes. Esse homem viera a Jerusalém para adorar a Deus e, de volta para casa, sentado em sua carruagem, lia o livro do profeta Isaías. E o Espírito disse a Filipe: 'Aproxime-se desse carruagem e acompanhe-a.' Então Filipe correu para a Carruagem, ouviu o homem lendo o profeta Isaías e lhe perguntou:'O senhor entende o que está lendo?' Ele respondeu:'Como posso entender se alguém não me explicar?' Assim, convidou Filipe para subir e sentar-se ao seu lado. O eunuco estava lendo esta passagem da Escritura:'Ele foi oprimido e afligido, mas não abriu a sua boca; como um cordeiro foi levado ao matadouro, e como a ovelha muda perante os seus tosquiadores, assim ele não abriu a sua boca.Da opressão e do juízo foi tirado; e quem contará o tempo da sua vida? Porquanto foi cortado da terra dos viventes; pela transgressão do meu povo ele foi atingido.' O eunuco perguntou a Filipe:'Diga-me, por favor: de quem o profeta está falando? De si próprio ou de outro?' Então Filipe, começando com aquela passagem da Escritura, anunciou-lhe as boas novas de Jesus."


Essa passagem não diz que precisamos de alguém para interpretar a Bíblia por nós, assim como muitos afirmam. Se lermos o contexto, vemos que a dúvida do eunuco limitava-se a uma parte das Escrituras, a saber, Isaías 53:7-8. Ele queria saber a quem o profeta se referia naquela passagem; se falava de si mesmo ou de outra pessoa. Ora, se o eunuco tivesse toda a Bíblia (e não tinha pelo fato de o Novo Testamento ainda não ter sido escrito), bastaria ler 1° Pedro: 2:21-24, que explica essa passagem de Isaías ao Senhor Jesus. Assim, o problema do eunuco era não possuir toda a Bíblia, mas apenas uma fração dela.

continua...

terça-feira, 13 de julho de 2010

Ensinamentos Bíblicos

A partir de agora, irei escrever algumas das verdades que Deus usou para me ajudar a entender suas Palavras.
Com a ajuda da Bíblia e de algumas publicações apologéticas, eu vi que o que eu cria não tinha toda a verdade.
Eu como uma TJ, cria na Bíblia como Palavra inspirada de Deus, mas na Organização tínhamos uma autoridade que, na prática, tomava, ou toma, praticamente o lugar da Bíblia como regra de fé e prática.
Baseando-se em Mateus 24:45-47, ensina-se que Jesus profetizou a existência de uma classe chamada "escravo fiel e discreto". Esta teria como porta-voz um grupo conhecido por Corpo Governante (CG), que se encontra na sede mundial da organização, em Nova York, EUA, composto por cerca de dez homens. A terefa deles é interpretar a Bíblia para os TJs, que não podem contrariar as interpretações apresentadas.
A partir daí eu comecei a criar uma pitadinha de dúvida no meu coração, pois enganam-se os que acham que a Bíblia pode ser controlada por um homem a seu bel-prazer.
A intenção de Deus foi exposta pelo apóstolo Paulo: "Porque desde criança você (Timóteo) conhece as sagradas letras, que são capazes de torná-lo sábio para a salvação mediante A FÉ EM JESUS CRISTO" ( 2Tim 3:15). Conclui-se daí que as Sagradas Letras tem por objetivo apresentar Jesus, o único Salvador. Ele é o tema principal das Escrituras. ( Lc 24:27,44; Jo 1:45; 5:39,46; At 10:43).

Isso não quer dizer que não surjam dúvidas ou discordâncias sobre assuntos secundários da fé, entretanto, podemos seguramente dizer que jamais haverá dúvidas sobre como as pessoas poderão ser salvas "(mediante a fé em Jesus)".

O Antigo Testamento (AT) relata a história de Adão e Eva, relatando o momento em que pecaram contra o Criador. Apesar disso, esse Deus de amor faz uma promessa: enviar um Salvador a fim de resgatar pecadores (Gen 3:15). E assim o AT apresenta uma promessa: o Salvador virá (Dt 18:15,18{v. Jo 1:45; At 3:22; 7:37}; Gen 12:3,7 {v. Gl 3:8,16}). E o Novo Testamento (NT)diz: o Salvador chegou, morreu como nosso substituto, ressuscitou em glória, ascendeu ao céu e virá segunda vez para levar seus servos e servas para o céu (At 2:22-36).
Desse modo, ao lermos a Bíblia, uma vez iluminados pelo Espírito Santo, não buscaremos fora de Jesus a "fórmula" da vida eterna, pois a Bíblia é absoluta e verdadeira ao destacar que a salvação dos homens ocorre exclusivamente por intermédio da graça de Deus mediante a fé em Jesus ( At 4:12; 10:43; 16:30-31; Rm 10:9-10).
Até mesmo um incrédulo poderá tomar conhecimento da mensagem salvífica da Bíblia. Isso não quer dizer que vai crer nessa mensagem. Por não ser espiritual, mas carnal (1Cor 2:6-16), poderá caçoar da Bíblia ou mesmo menosprezar o que ela diz; talvez fique chocado com o exclusivismo radical da Bíblia em relação a Jesus (o único meio possível para alguém se salvar). Essa pessoa, contudo, jamais poderá afirmar que a Bíblia não foi clara em relação a essa mensagem que traz vida aos que nela crêem, pela atuação do Espírito Santo (Jo 16:8-11), e condenação aos que a rejeitam (2Cor 2:14-16).
Tudo isso contraria a idéia de que precisamos de humanos para interpretar a Bíblia para nós, pois ninguém pode tomar o lugar do Espírito Santo, e através dele sabemos que a Bíblia é que conduz a humanidade a Jesus, que é o Caminho, a Verdade e a Vida!!

continua...

sábado, 10 de julho de 2010

Episódios da vida


Como já postei aqui, eu fui criada num lar de Testemunhas de Jeová, a partir daqui vou abreviar com a sigla "TJ". Me afastei na minha adolescência e até então fui dar umas voltas no mundo. Não encontrei nada que me fizesse feliz lá. Você que leu todas as postagens deve saber que citei muitas vezes que Deus me guardava, pois já corri muitos riscos por esse mundo à fora.
Até que passados alguns anos, conheci meu namorado, que hoje é meu esposo, que era novo convertido em uma igreja evangélica. Tivemos muitos debates nas nossas conversas sobre a Bíblia, ele com a Bíblia Sagrada e eu com a TNM (Tradução do Novo Mundo).
Mas até que não resisti a tantas verdades claras que estavam bem abaixo do meu nariz e eu não queria enxergar. Finalmente as escamas dos meus olhos caíram e eu pude conhecer a Verdadeira Palavra de Deus!

sexta-feira, 9 de julho de 2010

Sobre oportunidades

Quando passei a aceitar as oportunidades que me davam nas igrejas, eu só cantava aquele louvor: És Tu, única razão da minha adoração Oh Jesus... Enfim, aos poucos fui aprendendo outros e assim pude ir mudando o repertório.

Quantas vezes eu levantei o dedinho e dizia que não quando me chamavam pra fazer alguma coisa lá na frente. É...Deus é mesmo Tremendo!

Fico lembrando na época que eu estava neste mundo, quantos riscos eu já corrí. Achando que era dona do meu próprio nariz, e quando a situação apertava eu pedia: Ai Meu Deus me ajuda! Veja só, eu no mundão e pedindo a ajuda de Deus! Pois é, e Ele sempre me protegia, ás vezes eu nem entendia o porquê.
Lembro-me que todas as noites eu orava. Creio que Deus recebia minhas orações...orações de uma pecadora, mas Ele tinha um plano pra mim, e eu nem sabia, não podia sequer imaginar. Hoje claro que eu entendo porque Ele preservou minha vida: Para honra e glória do Seu Nome! Ele já tinha planos para mim, o que eu fiz foi tomar posse. Ele me deu a decisão nas mãos de aceitá-lo ou não. Quase que eu deixei escapar a melhor oportunidade da vida, a oportunidade de conhecer o Deus Verdadeiro, a quem eu achava que conhecia, mas não conhecia mesmo. Oportunidade esta que ninguém pode deixar escapar, simplesmente porque é Única!!

quarta-feira, 7 de julho de 2010

No início


Bem no início chegou pra mim uma mulher evangélica e disse: "Seu Ministério é o Louvor!", eu disse: "O que é isso?", não sabia mesmo o que era. Nunca esqueci disso, porque anos depois eu entenderia.
Sofri muito por causa da minha fé, suportei tudo com a ajuda de Deus e a força que ele me dava.

Um certa vez eu lendo a Bíblia, Deus falou comigo através desse texto:

"Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus;
Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados;
Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra;
Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos;
Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia;
Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus;
Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus;
Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus;
Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa.
Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram os profetas que foram antes de vós." MATEUS 5:3-12

Essas Palavras me fortaleceram e eu cheguei a gravar minha voz no celular citando esse texto e quando eu estava triste por algum motivo, eu sempre ouvia.

domingo, 4 de julho de 2010

O que é Louvar?

Quando eu comecei a ir na igreja, confesso que ficava completamente como um peixe fora d'água. Claro né gente! Acostumada com reuniões calmas das TJs, eu ficava parada no meio da igreja enquanto todos batiam palmas, cantavam e pulavam. Eu pensava: "Gente doida!"

Pois é, mas aos poucos até que fui me soltando mais um pouco. Comecei a bater palmas...depois dava um passinho pra lá e pra cá...depois quando eu me vi já estava igual a todos: Louvando ao Maravilhoso Deus!
Eu pensei: Isso sim é louvar a Deus!
Assim como o povo do passado, louvavam com harpas, tamborins e danças, da mesma forma Deus quer ser louvado!

Sobre mim

Minha foto
Renata
Rio das Ostras, RJ, Brazil
Sou uma mulher casada, Levita e Serva de Deus, e tudo que sou hoje devo à ELE, que me ensina a cada dia mais e mais. Criei este blog para compartilhar um pouco das minhas crenças antigas, que estavam totalmente distorcidas, e testemunhar o que Deus fez na minha vida, onde através do meu esposo, na época ainda meu namorado, eu pude conhecer a verdadeira Palavra de Deus e viver em novidade de vida. E hoje vivo para servir ao Senhor, e viver os milagres Dele na minha vida que antes nunca tinha visto. O Senhor tem muito mais! Glória a Deus!
Visualizar meu perfil completo

Contato através do e-mail:

diariodeumalevita@outlook.com

Pode conferir com sua Bíblia

Pode conferir com sua Bíblia

Não esqueça de deixar o seu recadinho!

Pode crer!

Pode crer!

O nome RENATA significa:

O nome RENATA significa:

Agradeço à Patrícia por nos premiar com esse lindo troféu!

Agradeço à Patrícia por nos premiar com esse lindo troféu!